terça-feira, 17 de maio de 2011

17 de Maio - Canção do "O Mundo de Vidro" - Toda Vez

No meu primeiro livro, chamado "O Mundo de Vidro", há um personagem chamado "Ele", que é totalmente sem noção. Um dia ele compõe uma canção pra "Ela", que muda totalmente sua história.
Muita gente me pergunta qual é essa canção, e aqui vai ela. A letra está, um pouco diferente, na página 218 do livro. A gravação é da minha banda, Superaudio, feita em 2008. Eu toco bateria nesta música.

A letra da canção vai aqui:

Toda Vez
(Letra e Música: Maurício Gomyde)

Toda vez que pede pra sair, eu saio
Toda vez que pede pra voltar, eu chego já
Toda vez que pede pra compreender, eu calo
E toda vez que não entende, eu falo

Toda vez que pede no claro, é claro que sim
No escuro fosse, seria assim.
Se perde o rumo eu sou teu passo
Se foge desse mundo, eu laço
Mas toda vez que desespera, eu calmo
Que sonha e espera, eu trago
Quando se entrega, eu faço
E toda vez quando chora, abraço.

Toda vez quando demora, eu perco o sono de vez
Toda vez que vai embora, eu não sou mais eu

E você ainda me pede pra dizer o que eu sinto por você?




Um comentário: