sexta-feira, 3 de junho de 2011

03 de Maio - Allen Ginsberg - Poeta da Geração Beat

Bom dia, pessoal!
Falando ainda de São Paulo, onde o frio deu uma amenizada, graças a deus!



Hoje, 03 de maio, dia do nascimento do poeta americano do Movimento Beat Allen Ginsberg. A "Geração Beat" teve seus principais representantes nos nome do próprio Ginsberg (com o livro de poesias Howl, de 1956), o Jack Kerouac (com o On The Road, de 1957) e William S. Burroughs (Naked Lunch, de 1959).

O Howl (Uivo) foi o livro de poesias mais vendido dos EUA, com 1 milhão de cópias.

Ginsberg tinha muitos fãs, entre eles o Jim Morrison, do The Doors. Morrison era tão viciado nas poesias e obras dele que dizia escrever suas músicas após ter lido algum de seus poemas. Sabe-se que Ginsberg e a banda The Clash eram fãs recíprocos. O poeta fez uma participação especial na música Ghetto Defendant, cantando ao lado de Joe Strummer trechos de um de seus poemas. Ian Astbury, lider do The Cult, que recitava Howl no início dos shows, é um grande divulgador da obra de Ginsberg, e pra ele dedicou a música Bodihsatwa, do seu álbum solo Cream.

            "Canção
            o peso o peso que carregamos é o amor. Quem poderia negá-lo? Em sonhos nos toca o corpo, em pensamentos constrói um milagre, na imaginação aflige-se até tornar-se humano; sai para fora do coração ardendo de pureza, pois o fardo da vida é o amor, mas nós carregamos o peso cansados e assim temos que descansar  nos braços do amor; finalmente temos que descansar nos braços do amor. Nenhum descanso sem amor, nenhum sono sem sonhos de amor quer esteja eu louco ou frio, obcecado por anjos ou por máquinas; o último desejo é o amor não pode ser amargo, não pode ser negado não pode ser contigo quando negado: o peso é demasiado; deve dar-se sem nada de volta assim como o pensamento é dado na solidão em toda a excelência do seu excesso Os corpos quentes brilham juntos na escuridão, a mão se move para o centro da carne, a pele treme na felicidade e a alma sobe feliz até o olho; sim, sim, é isso que eu queria, eu sempre quis, eu sempre quis voltar ao corpo em que nasci." 
    Pra finalizar, segue o poeta junto com Paul McCartney, com "The Ballad of the Skeletons", ao vivo no Royal Albert Hall, em 1995.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário