segunda-feira, 27 de junho de 2011

28/06/2011 - Baixistas - os Injustiçados


Hoje quero falar um pouco de uma classe de injustiçados da música, seja ela pop, rock, clássica, qualquer estilo. Os baixistas, que, assim como nós, bateristas, são sempre relegados ao segundo plano das bandas. 

Bom, os bateristas e os baixistas são os que, no final das contas, realmente têm a música no sangue. Isso porque são os que mais ralam e os menos reconhecidos.

Pra ilustrar, um fato que aconteceu comigo. Ao final de um show, descemos do palco. O guitarrista tava conversando com uma menina e eu fui conversar com a amiga. Pois bem, eu perguntei: "E aí, gostou da banda?". E ela: "É, eles são ótimos!"... Pô, eu tinha acabado de descer do palco! hahaha

A homenagem de hoje vai, então, pra estes excluídos da música. Hoje, aniversário de dois baixistas que, claro, ninguém conhece:


Tim McCord , do Evanescence
Ele é mais conhecido por ter sido guitarrista da banda The Revolution Smile. Foi anunciado como baixista do Evanescence em agosto de 2006. Tim substitui Will Boyd depois que ele deixou o Evanescence em junho de 2006. 

32 anos hoje.



Mark Stoermer, do The Killers
Entrou no The Killers em 2002, como baixista temporário e virou o ano ainda na banda. Apenas tornou-se um membro oficial do grupo quando Ronnie Vannucci entrou na banda para tocar bateria. Suas principais influências incluem Beatles, Whoo, Pearl Jam, Pink FLoyd, Miles Davis e Davis Bowie.

34 anos hoje. 

Como também ninguém vai prestar atenção nos baixistas nos clipes, aqui vai um clipe de cada uma das bandas. Pra quem quiser tentar encontrar os dois, boa sorte... rs.



4 comentários:

  1. Os baixistas são sempre enjustiçados! Eu amo BAIXO quando tinha meus 12 anos sempre sonhei em tocar baixo montar uma banda!

    Gosto tanto do instrumento que fiz cosplay de uma personagem anime pelo fato dela ser baixista e me identificar com ela é claro!

    Eu acho que todo instrumento seja lá qual for é nescessario! E o pessoal deve valorizar mais os baixistas!

    Bjus
    @AngelKiller_
    http://anime-daiki.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ah, essa sua história foi triste mesmo, rs.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Tarsila. Uma história de chorar mesmo! hahaha.

    Quanto aos baixistas, eu sempre digo que se não fosse baterista, eu seria baixista. Na verdade, acho o instrumento mais importante de uma banda, e aqui falando muito sério. Uma banda que tem um grande baixista é aquela coisa: você sabe que a música tá ótima, que tá "sentada no chão", que tá dançante, mas não sabe por que. Daí alguém fala: "Ah, é por causa do baixo". E a maioria pergunta: "O que é baixo? É aquela outra guitarra ali?" hahaha.

    ResponderExcluir
  4. Legal o post, é verdade, vou começar a prestar mais atenção nos baixistas.
    Mas acho que as próprias bandas contribuem pra isso, a bateria sempre fica no fundo do palco, se ficasse na frente do vocalista por exemplo, acho que todo mundo ia notar, rsrs.
    Garota Eclética

    ResponderExcluir