Músicas

Aqui vão algumas de minhas músicas. Pra quem não sabe, sou músico também. Na verdade, minha carreira como músico é mais antiga do que como escritor. Sou baterista, mas componho algumas coisas, como as que estão nesta página. 

As letras estão a seguir.





----- // -----
Cantinho - Letra e Música: Maurício Gomyde - Voz: Indiana Nomma


Encosto em seu peito
Fecho os olhos e adormeço
Me deixa ficar ali
Que até do mundo me esqueço
Vem de mansinho
Faz do meu peito um ninho
Monta nele sua casa
Faça dele seu cantinho

Me embala no seu colo
Cola sua mão na minha
Não preciso de mais nada
Pra sempre fico ali quietinha
Me embala no seu colo
Me diz que sua vida é minha
Não preciso de mais nada
Pra sempre fico ali quietinha

Deixa eu sentir seus braços em volta do meu corpo
Se eu me perder no seu abraço, um dia inteiro vai ser pouco
Deixa eu botar meus braços em volta do seu corpo
Se eu te prender no meu abraço, você vai ver, te deixo louco

Se eu me calar, não liga não
É só um jeito de te amar, ou pra chamar sua atenção
E se eu sorrir, olha fundo nos meus olhos
E veja o quanto eu tô feliz, por ter você perto de mim


----- // -----







Mais forte que um nó - Letra e Música: Maurício Gomyde - Voz: Indiana Nomma


Sem você o todo é pedaço
Um quadro sem traço
Canção sem compasso
É tudo em troca, nada de troco.
Sem você, um mundo é pouco
Sem você é nó na garganta
O vento não canta, o sol não levanta
E o meu amor não tem preço
Não tem começo, nem meio, nem fim

Com você não me sinto só
É um laço mais forte que um nó

De marinheiro, que sozinho se lança ao mar
Mas sabe que vai voltar
Pros braços de seu grande amor
Um nó de marinheiro, que sozinho se lança ao mar
Não vê a hora de voltar
Pra junto de seu grande amor


Sem você o todo é pedaço
Um quadro sem traço
Canção sem compasso
É tudo em troca, nada de troco.
Sem você, um mundo é pouco
Só você me diz o que eu tenho que ouvir sem que eu peça
E o meu amor não tem pressa
Amor à beça, que não tem mais fim

Com você não me sinto só
É um laço mais forte que um nó

De marinheiro, que sozinho se lança ao mar
Mas sabe que vai voltar
Pros braços de seu grande amor
Um nó de marinheiro, que sozinho se lança ao mar
Não vê a hora de voltar
Pra junto de seu grande amor 


----- // -----

Pra Você - Letra e Música: Maurício Gomyde - Voz: Indiana Nomma

É por você que eu acordo todo dia cedo
Pra você o meu melhor segredo
Por conta de você que no meu enredo
Não existe a palavra medo.

É por você que meu canto ganha mais volume
Pra você o meu melhor perfume
Por conta de você que se resume
O que existe de melhor em mim.

É por você que eu peço quando tá escuro
Em você meu porto mais seguro
Por conta de você o mais puro sentimento que se pode ter.

E é você minha melhor história
Com você a solidão vai embora

E é pra você essa canção que eu fiz humildemente
E canto em acorde e poesia um sentimento só de amor
É pra você essa canção que eu fiz simplesmente
Pra dizer em verbo e melodia que o sentimento é só de amor


É pra você que reservo meu melhor desejo
De você que eu espero um beijo, um abraço
Por conta de você tudo parece mais fácil

É por você que em meu peito carrego a sorte
Um coração que bate muito forte
Por conta de você que há um norte no caminho
Que eu vou percorrer.




----- // -----
Todos têm um grande amor - Letra e Música: Maurício Gomyde - Voz: Indiana Nomma

Todos têm um grande amor
Mas assim, que nem o teu,
Nunca vi nada igual
Que volta e meia inverte
A ordem natural

Como se o sal ficasse doce
E o sol gelado fosse
Como se o fogo de um lampião
Fizesse da noite um dia, então

Como se o mar evaporasse
E nenhuma nuvem se fizesse
O vento que rumasse pro norte
Mudasse pro lado que quisesse

E uma estrela caísse no centro da cidade
E de repente
Todo pedido virasse verdade

Amor assim não dá pra explicar
Não dá
Amor assim não dá pra explicar
E o que não tem explicação
Deixa como está.

Todos têm um grande amor
Mas assim que nem o teu
Nunca vi nada igual



----- // -----

Rua Saudade - Letra e Música: Maurício Gomyde - Voz: Indiana Nomma

Um ano inteiro se foi
Milhões de horas sem te olhar
Quantas mensagens
Perderam-se no ar?

Quantoa momentos perfeitos
O tempo é capaz de apagar?
E eu só queria
Coragem pra te procurar

Te ouvir dizer qual refrão te fez chorar
Quantas histórias viveu,
De quantas vai se lembrar?

Que novos lugares descobriu
E até onde sonhou chegar?
Quantas pessoas marcaram
De tantas que tentaram?

Ah, será que dia desses
Andando à toa numa esquina
da rua saudade

Eu vou te ver passar
E o vento vai partir teus cabelos longos
Pra mostrar teus olhos negros
Que tanta história boa
Guardam pra contar.